O projecto "Negreiros" foi implantado em 2004 pelos enólogos Anselmo Mendes e Pedro Bravo. A partir da colheita de 2007, passámos a contar com o talento de João Brito e Cunha, enólogo cujo reconhecimento se consolidou na "construção" dos primeiros vinhos dos "Lavradores de Feitoria" depois de, em 2001, se ter notabilizado com o lendário ME & JBC, tido por muitos como o melhor vinho feito em Portugal naquele ano.

O encontro entre o "Negreiros" e João Brito e Cunha era inevitável, posto que o enólogo optou por concentrar a sua carreira não apenas na região do Douro mas, mais particularmente, na região do Douro Superior. Sendo a Quinta das Amendoeiras uma das mais bem situadas quintas do Douro Superior, os caminhos de Brito e Cunha passariam, mais cedo ou mais tarde, por ela.

Imagem: O enólogo João Brito e Cunha na Quinta das Amendoeiras.